Como conseguir uma vaga de emprego

Como conseguir uma vaga de emprego

outubro 29, 2018 0 Por Carla Matos

O paradoxo do primeiro emprego

Você pode ter terminado ou ainda estar no ensino médio, sonhando em ir para a faculdade. Pode ter parado de estar ou precisando pagar as contas. Seja como for, para entrar no mercado de trabalho, você vai enfrentar um paradoxo: conseguir o primeiro emprego e já ter experiência profissional. Há um choque lógico visivelmente, mas o jeito é se preparar de todos os modos para lidar com esse ele.

Para completar, há o medo e a insegurança. A dúvida entre tentar mostrar serviço, expressar a própria opinião ou esperar as instruções e observar os sinais ao redor. Tudo isso é justificável e, em alguma medida, carregamos o peso dessas decisões pelo resto da vida profissional (e da pessoal!). Todo dia ouvimos que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, vemos em casa que nem sempre as coisas vão bem e sabemos que as exigências são sempre crescentes em um mundo globalizado.

Como se preparar para o primeiro emprego
Em agora? Minha sugestão começa pelo currículo. Em vez de volteios, use a sinceridade e a vontade de aprender. Se você não tem muito o que dizer, vale a pena buscar cursos, muitos deles gratuitos, que dão a formação necessária para o preenchimento das principais linhas do documento.

Procurando na internet por “cursos profissionalizantes gratuitos” você encontra muitas possibilidades. Está achando que, mesmo assim, não é fácil? Não é mesmo! Um artigo acadêmico escrito por pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá explica de modo claro que os trabalhadores do primeiro emprego estão em situação mais adversa que os demais porque quando a economia cresce, o emprego como um todo melhora, inclusive para aqueles que buscam uma primeira oportunidade.
Adote nossas dicas, que vai funcionar.

1. Pesquise sua faixa salarial
Para ter certeza que seu salário não é condizente com sua realidade, faça uma pesquisa na internet e em revistas especializadas em carreira. Leve em conta seu tempo de experiência para conseguir um emprego.

2. Entre em contato com comunidades profissionais
Vasculhe suas mídias sociais, faça contatos, pergunte de forma genérica se eles possuem informações sobre o mercado de trabalho. Você pode fazer isso de forma mais discreta também, dirigindo-se de forma privada aos coordenadores dos grupos.

3. Faça uma lista das empresas dos sonhos
Muitas pessoas não se permitem “querer”, “desejar” trabalhar em determinadas empresas. Pois saiba que quem não arrisca, não petisca. Faça uma lista das empresas que você admira, da sua área de atuação ou da área para qual pretende migrar. Anote seus valores, desafios, projetos em destaque, procure na internet quais são as vagas que ela oferece no momento. Fique de olho diariamente para conseguir um emprego!

4. Não minta de forma alguma
Valorize todas as atividades que você já fez que podem ser do interesse da empresa. Seja em determinado projeto, na relação com consumidores finais ou de perfil mais técnico.

5. Cadastre seu currículo
Faça seu cadastro de currículo no VAGAS.com.br. Inscreva-se mesmo que não haja uma vaga para sua área imediatamente. O fato de ter seu currículo no banco de dados pode facilitar o contato quando abrir uma oportunidade.

6. Busque sua rede de contatos

Procure pessoas que trabalham nas empresas que você listou nas mídias sociais. Faça contato. Faça networking. Com os mais chegados, fale sobre seu desejo de mudar de empresa e o que tem desenvolvido profissionalmente que o qualifica para tal aproximação.

7. Participe de eventos
Veja eventos na sua área de atuação ou onde possivelmente as empresas de seu interesse estarão presentes. Além de uma excelente oportunidade de conhecer pessoas, você poderá entender melhor e mais detalhadamente os negócios e desafios das empresas que você quer se aproximar.

Prepare seu currículo
Na hora de distribuir o currículo de trabalho, lembre-se que a preparação do mesmo é essencial para garantir uma boa oportunidade de trabalho. Isso significa que não adianta apenas fazer a tradução do seu currículo brasileiro e entregar por lá. Você precisa adaptá-lo com as informações relevantes para cada vaga que vai aplicar.

Além disso, sempre tome cuidado com a parte em que você descreve sua habilidade na língua inglesa. Não fale que tem inglês fluente se realmente não o tem – isso pode te desclassificar na hora da entrevista.

Procure oportunidades em sites
Assim como ocorre em qualquer lugar do mundo, a grande maioria das vagas de emprego de todos os tipos se encontram em sites voltados para esse tipo de divulgação. Na Austrália, sempre procure por oportunidades em sites como o Seek, Career One, Gumtree, Job Search.Gov, Best Job Au e Now Hiring.

Procure outros empregos de maneira tradicional
A forma tradicional de procura de empregos, com a distribuição de currículos na rua, também funciona por lá, especialmente se você quer trabalhar como Babá, em lojas, restaurantes, bares e cafés. Por isso, prepare seu currículo e esteja atento quando estiver passeando na rua para distribui-lo nas oportunidades que encontrar, ok?

Tenha cartões de visita. Com dados pessoais, telefones, e-mails, inclusive com links para seus perfis profissionais. E prepare o que vai dizer, o que adianta encontrar com um CEO no elevador e ficar sem ação?

8. Seja natural, seja você mesmo
Pense positivamente sobre suas melhores características, suas realizações, esteja certo e convicto de que tem o que oferecer no novo novo emprego. A convicção sincera tanto de seu potencial como dos seus limites ajuda a passar credibilidade na hora de abordar um bom contato.